DA INAPLICABILIDADE DA TEORIA DA RESERVA DO POSSÍVEL NO CONTEXTO JURÍDICO-SOCIAL BRASILEIRO: O ESTADO SOCIAL COMO GARANTIDOR DO DIREITO FUNDAMENTAL À SAÚDE

JADSON CORREIA DE OLIVEIRA, JORDÂNIA OLIVEIRA SOUZA

Resumo


O presente trabalho focaliza a inaplicabilidade da Teoria da Reserva do Possível no ordenamento jurídico brasileiro, a partir do contexto social pátrio. Seu objetivo é verificar a possibilidade do controle pelo Poder Judiciário sobre a suposta discricionariedade administrativa no tocante aos gastos públicos. Para a realização do trabalho foi utilizado o método dialético a partir da revisão bibliográfica a respeito da doutrina que trata do tema. O trabalho apresenta aportes interpretativos acerca da teoria da reserva do possível, seguido do controle judicial da Administração Pública a partir do estudo das normas que regulamentam os gastos públicos.


Texto completo:

184-206

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Pensamento Jurídico